Sirenaço e um minuto de silêncio homenageiam vítimas de acidentes e da Covid

A Agetran (Agência Municipal de Transportes e Trânsito) promoveu um minuto de silêncio em homenagem às vítimas no trânsito e da Covid-19. A ação ocorreu no cruzamento da Praça Antônio João, entre as avenidas Presidente Vargas e Marcelino Pires, e contou com a participação da GM (Guarda Municipal), SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Corpo de Bombeiros Militar de Dourados e Polícia Militar.

De acordo com a diretora-presidente da Agetran, Mariana de Souza Neto, a iniciativa busca conscientizar a população para os riscos no trânsito, principalmente, neste momento em que a pandemia tem feito vítimas e ocupado leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Na ação foi realizado um sirenaço, com todas as sirenes chamando a atenção de quem cruzava as avenidas para as viaturas que trabalham na administração do trânsito e auxílio diário para a comunidade. Além disso, foi realizada uma ação de conscientizção, com a entrega de máscaras e panfletos.

“Nós realizamos esse trabalho para que as pessoas se conscientizem e lembrem que o trânsito é uma ação coletiva, é preciso que todos se cuidem para evitar que ocorram acidentes. É preciso lembrar que neste momento a Covid tem levado muitas pessoas para os hospitais e é preciso ter cuidado para que haja uma redução nos casos que precisam dessa assistência”, aponta.

Essa foi uma das ações preconizadas no calendário de ações programadas para a campanha Maio Amarelo. A enfermeira do SAMU, Lucyelma Rezende, ressalta que as ações também buscam conscientizar e incentivar a adesão da população, que pode contribuir com esse cuidado.

“Nós buscamos que haja a conscientização e que busquem reduzir o número de acidentes, mas alguns casos são inevitáveis e nesse momento é importante que a população ao identificar a sirene e as viaturas, contribuam abrindo espaço para essas equipes possam chegar até o local e realizar o atendimento aos envolvidos. Lembrando que o lado correto para passagem das equipes é o esquerdo e os carros devem abrir para o direito”, destaca.

Maio Amarelo

A escolha do mês de maio foi motivada pela proposta da ONU (Organização das Nações Unidas) quando decretou em 2011 a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A cor amarela foi escolhida por ser a cor da advertência no trânsito. Placas amarelas alertam ao motorista sobre possíveis problemas à frente.

 

Fonte: Dourados Agora

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.