Após ex-mulher ir em delegacia para pedir medidas protetivas, homem mata filha e deixa quatro pessoas da mesma família feridas a facadas. VEJA

Um homem de 42 anos é suspeito de matar a filha de 21 anos na segunda-feira (12) em Rodeio, no Vale do Itajaí (SC). Segundo a Polícia Militar, além da filha, ele ainda esfaqueou a ex-mulher, de 39 anos, que é mãe da vítima. Os avós, de 56 e 61, e o tio, de 34, também foram atacados. O crime ocorreu após a ex-companheira ter ido até a delegacia solicitar uma medida protetiva contra ele.

Géssica Dias Tizon foi atingida por ao menos três golpes de faca e morreu no local do crime. Após o assassinato, o homem foi preso em flagrante e, ferido, foi levado ao hospital junto com as outras vítimas. A Polícia Civil trata o ataque contra a filha e ex-companheira como feminicídio e a suspeita é a de que a jovem tenha sido morta ao defender a mãe das agressões do pai.

Pelos outros crimes, a polícia afirma que o homem irá responder por tentativa de homicídio. O quadro clínico de todas as vítimas é estável.

 De acordo com o delegado responsável pela região, Ronnie Reis Esteves, a ex-companheira foi até a delegacia no início da tarde de segunda e conseguiu uma medida protetiva por violência doméstica. No entanto, o oficial de Justiça não conseguiu entregar a intimação ao homem, pois o crime já havia ocorrido.

A PM acompanhou a mãe de Géssica até a casa em que dividia com o homem, localizado no bairro Rodeio 12. No local, ela recolheu os pertences e foi junto com o dois filhos mais novos para a casa dos pais. Estes dois irmãos da vítima, menores de idade, também estavam no momento do crime, mas não se feriram.

Géssica Dias Tizon foi atingida por ao menos três golpes de faca e morreu no local do crime — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Géssica Dias Tizon foi atingida por ao menos três golpes

de faca e morreu no local do crime

“A Polícia Civil encaminhou ao Poder Judiciário [o pedido de proteção], que imediatamente deferiu. Assim que o oficial de Justiça foi intimar o agressor, já se deparou com a situação”, disse Esteves.

PM atendeu a ocorrência por volta das 18h30 — Foto: Reprodução PM/Divulgação

Fotos: Reproduções

Conforme a PM, o homem também fez alguns disparos com um rifle calibre 22, mas os ferimentos nos familiares foi causado por golpes de faca.

Segundo o Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade, os feridos foram levados aos hospitais de Timbó e Indaial, na mesma região. Segundo a PM, eles não correm risco de morte. Não há detalhes sobre o estado de saúde atualizado das vítimas.

Fuga

Depois de matar a filha e ferir as outras pessoas, o homem fugiu para casa onde mora, que fica a aproximadamente 50 metros do local de onde o crime ocorreu. A polícia realizou buscas e, ao entrar na residência do suspeito, encontrou manchas de sangue no chão da cozinha.

O rastro de sangue foi seguido até uma área de matagal no fundo da casa, onde o homem foi encontrado perto de um córrego, com diversos cortes nos pulsos, pés e uma perfuração no abdômen.

 

Fonte: G1

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.