Operação ‘Ponto Final’ prende 15 integrantes de organizações criminosas em Andrelândia

Foram apreendidas drogas, armas e R$10 mil em dinheiro. Ação também ocorreu neste sábado (3) em São Vicente de Minas, no Sul do estado.

Por G1 Zona da Mata

A Polícia Civil e a Polícia Militar deflagram neste sábado (3) a operação “Ponto Final” para prender 15 pessoas suspeitas de integraram organizações criminosas com base em São Paulo e no Rio de Janeiro.

As prisões foram realizadas em Andrelândia, na Zona da Mata, e em São Vicente de Minas, no Sul do estado.

Segundo os policiais, as prisões ocorreram a partir do cumprimento de 17 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça.

Foram apreendidos 15 pinos de cocaína, um tablete de maconha e porções da mesma droga, duas armas de fogo, um automóvel, cerca de R$ 10 mil em dinheiro e animais da fauna silvestre.

Um dos presos estava foragido da Justiça com quatro mandados de prisão em aberto e foi transferido para unidade prisional de segurança máxima.

Segundo o delegado regional em São João Del Rei, Cláudio Geraldo de Oliveira, a ação foi desencadeada a partir de informações da Polícia Civil em Itajubá, na quarta-feira (31), dando conta de que um foragido da Justiça, suspeito de integrar organização criminosa com base em São Paulo estaria se escondendo em Andrelândia.

“A partir de então foi uma ação integrada muito rápida. Mobilizamos nossas equipes e, em conjunto com a Polícia Militar, conseguimos as prisões em flagrante”, ressaltou o delegado.

Além do foragido, os demais presos na operação também têm vínculos com organizações criminosas sediadas em São Paulo e Rio de Janeiro.

“Acreditamos que por Andrelândia se situar em um ponto geograficamente favorável para movimentar o tráfico de drogas para além das nossas divisas, eles estariam tentando se estabelecer ali”, afirmou Cláudio.

O capitão da Polícia Militar em Andrelândia, Luiz Fernando dos Reis, destacou que essa foi a maior operação policial em toda história do município.

“Com certeza a ação policial repercutirá em uma redução expressiva nos crimes violentos e contra o patrimônio na região”, disse.

A operação contou com a participação de 87 policiais civis e militares das cidades de Andrelândia, Alto Rio Doce, Barbacena, Barroso, Conselheiro Lafaiete, Itajubá, Lagoa Dourada, Prados, Resende Costa, Santos Dumont, Santa Cruz de Minas e São João Del Rei, além do apoio do canil da Rocca da Polícia Militar e uma aeronave da instituição.

Prisão em Andrelândia durante operação Ponto FInal — Foto: Polícia Civil/Reprodução

Prisão em Andrelândia durante operação Ponto FInal — Foto: Polícia Civil/Reprodução

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.