Goiás sustenta pressão, vence, segue vivo e complica Atlético-MG na luta pelo título

Esmeraldino finaliza três vezes, mas marca com Índio e anula todos os espaços do Galo até o fim; resultado deixa o Goiás a três pontos do Sport, primeiro time fora da zona (que ainda joga), e Atlético pode fechar rodada a oito pontos do líder Inter

  • Goiás vivo, e Galo distante da Taça

    Goiás e Atlético-MG se enfrentaram na noite desta quarta-feira, na Serrinha, em Goiânia, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times precisavam muito da vitória – por razões distintas. O Esmeraldino buscava os três pontos para seguir vivo na luta contra o rebaixamento, e o Galo necessitava do triunfo para seguir acreditando em título. Melhor para os donos da casa, que fizeram um jogo de muita dedicação defensiva, sustentaram a pressão alvinegra e venceram por 1 a 0, com gol de Índio. O torcedor do Goiás ainda acredita na sequência do time na Série A. Já o torcedor do Galo fica ainda mais distante do sonho de levantar a taça nacional.

    Melhores momentos: Goiás 1 x 0 Atlético-MG pela 34ª rodada do Brasileirão 2020

    Melhores momentos: Goiás 1 x 0 Atlético-MG pela 34ª rodada do Brasileirão 2020

  • Primeiro tempo

    O Atlético-MG começou melhor, ocupando o campo de ataque e pressionando o time da casa. Chegou a balançar as redes aos 11 minutos, com Savarino. O lance, porém, foi anulado por um impedimento milimétrico, checado pelo VAR. Depois, apesar de ter maior posse de bola, o Galo passou a ter dificuldades para invadir a zaga do Goiás. O time da casa estava armado para achar uma bola. E achou. Aos 27 minutos, após cruzamento de Daniel de Pauli, o baixinho Índio subiu entre Alonso e Arana para marcar de cabeça. Bem armado defensivamente, o Esmeraldino fechou ainda mais os espaços e conseguiu levar a vantagem para o intervalo.

  • Segundo tempo

    A etapa final foi de ataque contra defesa. Sampaoli desfez o esquema inicial, com três zagueiros, fez substituições para lançar o time ainda mais para o ataque, e o Galo ocupou completamente o campo ofensivo. Mudou pouca coisa. Apesar de alguns jogadores terem entrado bem (Marrony e Diego Tardelli, por exemplo), os mineiros seguiram presos na marcação forte do Goiás, que se defendeu bravamente, anulou todas as tentativas da equipe de Jorge Sampaoli e, consequentemente, levou os três pontos.

  • A classificação

    Com a vitória na Serrinha, o Goiás pulou para 32 pontos, três a menos que o Sport, primeiro time fora do Z-4 (mas que ainda joga na rodada, contra o lanterna Botafogo, sexta, no Rio). O Esmeraldino também precisa secar o Fortaleza, primeiro time dentro da zona, que recebe o Coritiba, nesta quinta. O Atlético-MG, por sua vez, ficou preso nos 60 pontos e, agora, precisa secar concorrentes diretos. O líder Inter, por exemplo, se vencer o Athletico-PR, em Curitiba, abre oito pontos de vantagem em relação ao Galo. O vice-líder Flamengo, que recebe o Vasco, pode fechar a rodada com quatro pontos a mais que o Alvinegro. O São Paulo, atual quarto colocado, teve seu jogo da rodada adiado (contra o Palmeiras, no Morumbi), mas, se disputasse essa partida neste meio de semana, poderia ultrapassar o Galo em caso de vitória, chegando aos 61 pontos.

  • Na próxima rodada…

    Na 35ª rodada do Brasileirão, o Goiás viaja até Salvador para encarar o Bahia, às 19h (de Brasília) de sábado, na Fonte Nova. O Atlético-MG, por sua vez, encara o Fluminense, no Maracanã, mas apenas na outra quarta-feira, dia 10, novamente às 21h30.

    • O baixinho foi lá no alto!

      O autor do único gol do jogo foi Índio! Aos 27 minutos do primeiro tempo, após cruzamento de Daniel de Pauli, o garoto de apenas 20 anos e 1,70m subiu muito bem, entre Júnior Alonso e Guilherme Arana, para cabecear no cantinho e marcar o tento que garantiu a vitória ao Goiás. Esse foi o primeiro gol do garoto como profissional – em 10 jogos. Dia pra ser lembrado por ele por muito tempo!

    Fonte: Globo Esporte

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.