Homem baleado em tentativa de resgate a líder do PCC está na UTI

Ele passava em frente à delegacia durante ataque e levou tiro nas costas

Foi levado para um leito de terapia intensiva na manhã desta segunda-feira (11) o homem baleado nas costas durante tentativa fracassada de resgate ao bandido Giovanni Barbosa da Silva, 29, o “Bonitão”, líder atual da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na fronteira com o Paraguai.

Identificado como Rubén Darío Benítez, o homem passava pelas imediações do Departamento de Investigações da Polícia Nacional quando grupo de pelo menos 20 bandidos atacou a unidade a tiros de fuzil para tentar resgatar Giovanni. Ele mora no bairro San Gerardo, onde fica a unidade policial.

Durante a troca de tiros entre policiais e bandidos, Rubén foi atingido nas costas. Não se sabe ainda se o tiro que o acertou foi disparado pelos policiais ou pela quadrilha de “Bonitão”. Os bandidos usavam fuzis automáticos e chegaram a levar um policial como refém, mas não conseguiram resgatar o líder da facção.

O diretor do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, Nelson Collar, informou hoje a bala atingiu a coluna de Darío, entre a primeira e a segunda vértebra. Segundo ele, o ferimento provoca dor intensa nas primeiras 48 horas, por isso o homem foi levado para a UTI. O médico disse que Darío está paraplégico.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.