Primeira dama descobre chifre do marido e manda matar amante com tiros na cabeça; cenas fortes

Mundo – Uma dançarina russa, de 30 anos, foi morta a tiros em frente a seu apartamento em Moscou, na Rússia. Uma câmera de segurança instalada na rua mostrou os momentos finais de Natalia Pronina, quando o assassino se aproxima dela por trás, atira de perto e foge em seguida. Segundo o New York Post, o suspeito usou uma “arma de autodefesa não letal que foi redesenhada para disparar balas reais no ataque”.

Natalia — que ganhou competições internacionais de dança, inclusive no Reino Unido — chegou a ser levada às pressas para um hospital, onde foi submetida a uma cirurgia, mas morreu duas horas depois.

O caso está sendo investigado pela polícia como “assassinato por encomenda”, por conta da jovem supostamente ter tido um caso com um político do país. A polícia acredita que a esposa do político foi a mandante do assassinato de Natalia.

VEJA O VÍDEO

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.