Esta jovem dopou e matou idoso de 69 anos para roubar R$ 35 mil. Ela é ‘fria e sem empatia’, diz delegado. VEJA VÍDEO

Presa por latrocínio na quinta-feira (26), a frieza de Sthefany Virginia Inácio Rodrigues, de 21 anos, conseguiu surpreender até os agentes da Polícia Civil do Distrito Federal (PC-DF).

Ela é acusada de ter armado uma emboscada para matar Ricardo Flávio dos Santos, de 69 anos, para roubar R$ 35 mil que a vítima tinha conseguido com o seguro do carro. O crime aconteceu na quarta (25).

As investigações apontam que a garota atraiu o idoso para a casa dela e o dopou com 15 gotas de Rivotril, um medicamento ‘tarja preta’ que geralmente serve para tratar distúrbios de sono.

“Ela era uma psicopata, com diagnóstico clínico e tomava antipsicóticos poderosos. Essa foi uma das raras ocasiões em que me impressionei na polícia, ao ver como funciona a mente de um psicopata. Eles são extremamente hábeis em manipular pessoas e não têm nenhuma empatia ou respeito pela vida humana”, afirmou o delegado Isac Azevedo, responsável pelo caso, ao Metrópoles.

Com ajuda de dois cúmplices, a jovem tentou durante todo o dia sacar o dinheiro da vítima. Como não conseguiram pegar todo o valor, decidiram enforcar o idoso até a morte com um fio de antena da TV.

Depois que o assassinato foi descoberto pelas autoridades policiais, equipes foram até a casa de Sthefany e encontraram o cadáver de Ricardo.

A jovem chegou um tempo depois, carregando cinco litros de gasolina. O objetivo era queimar o corpo e, em seguida, enterrá-lo em Águas Lindas de Goiás.

gasolina

Foto: Divulgação / PCDF

Sthefany e os outros dois suspeitos já haviam planejado todo o crime há cerca de três semanas. Todos permanecem detidos.

 

 

Fonte: Portal6

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.