Coronavírus: surto controlado no Japão sem isolamento intriga especialistas

Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, tira máscara de proteção ao chegar para pronunciamento em Tóquio

O estado de emergência no Japão deve terminar com novos casos de coronavírus tendo diminuído para meras dezenas. O país conseguiu o objetivo ignorando em grande medida o manual padrão de outras nações.

Não foram impostas restrições à mobilidade de residentes, e empresas, como restaurantes e salões de beleza, permaneceram abertas. Não foram implantados aplicativos de alta tecnologia que rastreavam os movimentos das pessoas. O país não possui um centro de controle de doenças. E, mesmo quando os países foram exortados a “testar, testar, testar”, o Japão testou apenas 0,2% da população, uma das taxas mais baixas entre países desenvolvidos.

Fonte: noticias.uol

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.