Em Ponta Porã, Polícia encontra arsenal de armas em propriedade rural na fronteira

Ainda na fazenda, os policiais encontraram uma camisa com vestígios de sangue em roupas e espalhados no chão dos cômodos.

Um homem de 62 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (21) por posse de arma de fogo e diversas munições em uma propriedade rural localizada na região de fronteira do Brasil com o Paraguai.

Os policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e do Choque da Polícia Militar estavam na localidade seguindo ordens de busca dos detentos que fugiram recentemente da penitenciária de Pedro Juan Caballero e acabaram descobrindo as armas e munições.

Informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, dão conta que na propriedade foram apreendidas uma carabina puma, calibre 357; uma espingarda, calibre 28; um revólver, calibre 38; um revólver, calibre .32; duzentos e vinte e sete munições, sendo: cinco calibre 38; uma de calibre 9mm; trinta calibre .38; vinte calibre .28; quarenta e sete calibre .32; onze calibre .357, além de outras cento e treze calibre .22.

O homem que acompanhou os policiais e que posteriormente foi preso, alegou aos policiais que algumas das armas encontradas seriam de sua propriedade e outras, localizadas posteriormente em outro cômodo da residência, pertenceriam a seu patrão.

Ainda na fazenda, os policiais encontraram uma camisa com vestígios de sangue em roupas e espalhados no chão dos cômodos. O suspeito não soube explicar o motivo daquele sangue espalhado pela casa, e disse acreditar que o imóvel pudesse ter sido invadido.

A ação conjunta envolveu policiais civis da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos), da Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros) e da 1ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã.

Fonte: Ponta Porã Informa

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.