Jovem drag queen em MS é morto a tiro em bairro nobre: ‘Sempre alegre, um show de pessoa’, diz amigo

Polícia trabalha com hipótese de crime passional e já tem um suspeito, que fugiu em um carro.

Por G1 MS

Conhecido como uma das melhores drag queens de Mato Grosso do Sul, Eder Henrique Coenga, de 27 anos, foi morto a tiros na noite de sexta-feira (20), no bairro Santa Fé, em Campo Grande. A polícia já tem um suspeito e trabalha com a hipótese de crime passional.

De acordo com o delegado José Roberto de Oliveira Júnior, imagens feitas por câmeras de segurança de imóveis da região mostram a vítima chegando primeiro ao local e depois o suspeito. Em seguida, os dois conversam, discutem, o homem saca uma arma, atira e foge.

“Foi uma discussão de 30 segundos. […] Ele [suspeito] não vasculhou nada, não desfigurou a vítima com socos. […] Foi muito rápido”, disse o delegado.

Após matar Eder, o suspeito seguiu para uma rua próxima e entrou em um carro que já o aguardava com motorista.

O crime aconteceu em uma rua sem saída e escura, atrás de um shopping da capital. Para a polícia, vítima e suspeito marcaram de se encontrar no local.

Nada foi roubado de Eder. Nos pertences dele a Polícia Militar encontrou porções de maconha.

Eder Henrique fazia diversos shows em MS — Foto: Redes Sociais Eder Henrique fazia diversos shows em MS — Foto: Redes Sociais

Eder Henrique fazia diversos shows em MS — Foto: Redes Sociais

Manifestações de carinho

Eder trabalhava em uma rede de lojas. Também atuava como drag queen e era conhecido por ser uma das melhores no estado.

Nas redes sociais dele, muitas manifestações de carinho, amor e respeito. Muitas fotos também e declarações do próprio Eder. Uma delas, em agosto, o rapaz cita um trecho de uma música. “”Tudo que vai. Deixa o gosto, deixa as fotos…”.

Entre as homenagens para ele , várias citam as performances de Eder em shows como drag queen. ” Um cara maravilhoso, querido, divertido, sempre alegre, um show de pessoa. Eu tenho certeza que aonde você estiver o sol brilhará junto de você”.

Em outra postagem, o resumo da admiração que ele tinha por parte dos amigos: “Seu papel foi muito bem feito aqui, agora é hora de brilhar ainda mais aí em cima”. Em outra, uma declaração de amor: ” Te amaremos eternamente nossa DRAG STAR!❤️👑❤️”

Um amigo desabafa. “A última vez em que nos falamos, há cerca de um mês, disse o quanto ele era foda e como o admirava como pessoa e artista. Que bom ter conseguido dizê-lo antes dessa partida tão prematura”. E outro finaliza: “Nos ensinou que ser diferente aos olhos do povo é ser sempre notado aos olhos de Deus”.

Eder Henrique tinha 27 anos e trabalhava em loja de calçados e roupas — Foto: Redes sociaisEder Henrique tinha 27 anos e trabalhava em loja de calçados e roupas — Foto: Redes sociais

Eder Henrique tinha 27 anos e trabalhava em loja de calçados e roupas — Foto: Redes sociais

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.