Russa é condenada a 13 anos de prisão por arrancar olhos da irmã e matá-la

Elizaveta Dubrovina foi condenada a 13 anos por matar a irmã, Stefania, em 2016 na Rússia. O caso, que contou com requintes de crueldade, teve novo capítulo nesta semana, segundo o jornal britânico Daily Mail.

O tablóide conta que a Justiça russa declarou que Elizaveta esfaqueou a irmã, que na época era modelo e tinha 17 anos, pelo menos 189 vezes em seus órgãos vitais e cortou a orelha direita. A assassina ainda teria arrancado os olhos de Stefania por conta de ciúmes.

Elizaveta, atualmente com 22 anos, foi detida e encaminhada a um tratamento psiquiátrico obrigatório. Agora, depois de um tempo internada, ela foi considerada apta para enfrentar o tribunal e punida pelo crime.

A jovem criminosa sempre negou o assassinato e colocava a culpa em Alexey Fateev, então namorado, pois o corpo de Stefania por encontrado na casa dele. Fateev, no entanto, provou que estava comprando vinho no momento do crime e ainda conseguiu impedir a fuga da assassina.

FONTE: ISTOÉ

Share this:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.